sábado, 16 de maio de 2009

O maravilhoso sentimento de se confirmar um preconceito

Renato Russo sempre foi glorificado pelo que faz de pior: cantar e escrever. Da mesma forma que não gosto de todos os músicos que fazem músicas legais, não necessariamente sinto antipatia pelos que produzem material de merda.

Mas o líder da Leigão Urbana provou que é também um pedaço de cocô enquanto pessoa. Nessa entrevista para o Zeca Camargo (que dupla), entre outras rajadas de cocô verbal, ele faz questão de dizer que não gosta de divulgar certos aspectos de sua vida, enquanto os divulga. Na TV. Um monstro sagrado tanto no pessoal quanto no profissional.

Não gosto de me gabar, mas eu já sabia:

http://www.youtube.com/watch?v=YcwjyRdTaG0

6 comentários:

Malheiros disse...

É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, Daniel.

Uma Música Por Dia disse...

Graaaande Tchubil!
Rapaz, tou numa correria danada, juntando isso com uma boa pitada de enrolação, esqueci de responder ao teu comentário...
Olha só, achei MUITO BACANA aquela tua idéia de fazer umas postagens sobre músicas um tanto que parecidas.
Só não pesquisei nada sobre isso e também acho que não tenho "bagagem" pra escrever um texto à altura do tema. Então se vc topar, podia escrever um texto sobre o tema, ou alguns pequenos parágrafos sobre as músicas em questão e eu vou postando as músicas, discos e ou videos!
Abração!!!

Anônimo disse...

geração Coca kola

Anônimo disse...

Preconceito? Ou Homofobia!
Pobre criança..você mesmo!

Tolugo disse...

aeueahueah
muito bom!!!

Anônimo disse...

intiresno muito, obrigado