segunda-feira, 4 de maio de 2009

O Indescritível Prazer da Frustração

Outra versão da música abaixo, cujo título foi usado em "The Unbelievable Pleasure of Frustration" música do Ócio que entrou (ou seria saiu?) no Mood Swings. Em inglês sempre soa menos pior.


O INDESCRITÍVEL PRAZER DA FRUSTRAÇÃO

Rastejando no assoalho alheio
Vivi e morri em vão
Apostei sem saber jogar

O que você acha da minha risada falsa?
Do meu amor patético?
Dos meus lamentos sem fim?

O que você acha da minha cova rasa?
Do meu corpo esquelético?
O que você acha de mim?

O que você acha da minha casa?
Meu abrigo fétido
Não foi sempre assim

É melhor que não diga nada
Do seu discurso tétrico
Eu já sei o fim.

2 comentários:

Gabriel Mennoti disse...

Que ritmo!
Que dor!
Que paixão pela vida!

Artur disse...

Black Sabbath?